Futsal de Primeira

BR: Brasileiro naturalizado é ídolo no Cazaquistão e quer chegar longe na Copa

04 de setembro de 2021 às 09:41:38


Douglas Junior é um dos destaques do Cazaquistão para a Copa do Mundo — Foto: Divulgação

Em seu segundo Mundial pela seleção cazaque, potiguar Douglas Junior vê evolução no futsal do país, espera uma campanha melhor na Lituânia, mas aponta outros favoritos

Ídolo do Kairat Almaty, pelo qual é bicampeão europeu, o potiguar Douglas Junior está pronto para jogar mais uma Copa do Mundo de Futsal com a seleção do Cazaquistão. Em 2016, na Colômbia, a equipe cazaque caiu logo nas oitavas de final, mas este ano, na Lituânia, espera chegar mais longe e surpreender.

Douglas tem 32 anos e nasceu em Guamaré, a 165 km de Natal. Chegou ao Cazaquistão, à época, a convite do técnico Ricardo Sobral, o Cacau, também potiguar. Após sete temporadas, o fixo garante que foi a melhor decisão que tomou na vida, fazendo parte de uma verdadeira revolução na modalidade no país e chegando a ser apontado como melhor defensor do mundo.

- O futsal aqui vem evoluindo bastante nos últimos anos. Os últimos resultados comprovam isso com a seleção chegando a duas semifinais do Europeu, conquistando a medalha de bronze em 2016, na Sérvia, e com o clube Kairat, que foi duas vezes campeão europeu. Esses resultados nos dão confiança para chegar lá fortes e fazer uma boa competição - falou ao ge.

Além de Douglas, o Cazaquistão conta com mais dois brasileiros: Léo Higuita e Taynan. Teria mais um, mas Léo Jaraguá sofreu uma grave lesão e não jogará o Mundial.

- É uma grande perda. Ele era um dos pilares da nossa equipe. Mas continuamos com uma equipe muito forte, os jogadores locais têm evoluído bastante junto conosco, comigo, Léo Higuita e Taynan. Todos nós nos sentimos cazaques - completou.

A seleção cazaque está no Grupo A, ao lado da anfitriã Lituânia, Costa Rica e Venezuela. A estreia será contra a Costa Rica, no dia 12.

- Nos apresentamos 20 dias atrás. Algumas seleções começaram um pouquinho antes, mas isso não muda nada. A nossa equipe sabe o que quer. Estamos na Rússia para fazer amistosos contra a seleção deles e no dia 7 seguimos para a Lituânia - contou.

O objetivo é fazer uma campanha melhor do que no último Mundial - foram eliminados para a Espanha nas oitavas de final. Douglas vê o grupo ciente de que muitas equipes brigam pelo título.

- As seleções favoritas são sempre as mesmas... Brasil, Espanha, Rússia, a Argentina, atual campeã, e o Irã, que fez seminal de Mundial em 2016, sendo o algoz do Brasil nas oitavas de final. Nós estamos correndo por fora. Temos uma boa seleção (Cazaquistão), mas deixamos o favoritismo para eles - reforçou.

O cara do Kairat

Em 2021, Douglas Junior conquistou o sétimo título nacional seguido com o Kairat, mas viu o time cair nas semifinais da Champions League diante do Barcelona. O jogador potiguar não esconde a "dor" por este revés, mas acredita que a equipe cazaque virá mais forte na próxima temporada.

- O clube conseguiu formar uma fortíssima equipe, trazendo grandes jogadores, mas infelizmente não conseguimos nosso objetivo principal que era conquistar a Champions League. Perdemos na semifinal para o Barcelona, um resultado que doeu bastante, pois éramos um dos um dos favoritos para conquistar a competição e, infelizmente, não foi possível. Mas tenho certeza que voltaremos bem mais fortes nessa temporada 2021/2022 com mais aprendizado. Saíram alguns jogadores, chegaram outros. É manter o foco para continuar sempre entre os melhores. Nosso objetivo é estar sempre entre os melhores, lá no topo - concluiu.

Fonte: Augusto Cesar Gomes – GE – Natal (RN)

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: . . . . . FUTSAL NA TV . . . QUINTA-FEIRA (23) . . . 14h00 . . . MUNDIAL FUTSAL . . . BRASIL x JAPÃO . . . [GLOBO E SPORTV] . . . . .