Futsal de Primeira

Futsal BR: Presidente da ABLF solicita direito de resposta ao Presidente da CBFS

17 de junho de 2020 às 11:29:57


Na tarde da última segunda-feira (15), o Presidente da ABLF (Associação Brasileira de Ligas de Futsal), Laércio Graça,  solicitou – em caráter de urgência – direito de resposta ao Presidente da CBFS (Confederação Brasileira de Futsal), Marcos Madeira. O motivo deste requerimento, se deve ao fato do Sr Marcos , fazer citações desrespeitosas às Ligas Estaduais durante uma entrevista a Daniel Pereira e Marcelo Rodrigues (SporTV)..

Confira a nota:

SOLICITAÇÃO URGENTE DE DIREITO DE RESPOSTA – Ao Sr. DANIEL PEREIRA – PODCAST TOCA & SAI #47 

No programa do último dia 11/06/2020, em entrevista ao Podcast TOCA & SAI #47, comandado pelo @dandansportv e seus entrevistadores @marcelosportv , @flaviodilascio , @facrepaldi, o Presidente da Confederação Brasileira de Futebol de Salão, Sr. MARCOS MADEIRA, @oficialcbfs, fez citação do meu nome, e afirmou ainda que “(AS LIGAS ESTADUAIS FORAM CRIADAS) …A MAIORIA CRIA-SE (sic) PARA GANHAR UM DINHEIRINHO, PARA ALGUÉM GANHAR DINHEIRO…”. — Destarte, fundamentado no Art. 50, inciso V, da Constituição Federal, e na Lei 13.188, de 11/11/2015, em seus artigos 1o., 2o., e segs., e como Presidente da recém oficializada ABLF (Associação Brasileira de Ligas de Futsal) – @ablfoficial , e como ex-Presidente, nos últimos 08 anos da Liga Paulista e atual CEO, e ainda com a necessária anuência do nosso atual Presidente @jeffopulofutsal, ( colocamos todas as despesas inerentes a este período da LPF para quem quer que seja, ressaltando, que dentro dos preceitos estatutários, prestações de contas passam pelo crivo anual do Conselho Fiscal, bem como da indispensável Assembleia entre os franqueados), vimos, por meio desta, solicitar o devido DIREITO DE RESPOSTA, no mesmo programa acima mencionado. – Exigência essa que se faz dentro da legalidade e do processo democrático que reina em nosso País, e, para que a seríssima, inconsequente e irresponsável declaração do atual presidente da CBFS não ganhe cunho judicial. Concomitantemente a isso, exigimos que o Sr. Marcos Madeira, no mesmo programa, se retrate da leviandade ali asseverada, ou que cite quais as pessoas/presidentes de Ligas Estaduais de futsal que fazem parte da ABLF, que “estão ganhando um dinheirinho” em seus cargos.

Fonte: Assessoria Liga Paulista de Futsal

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: .