Futsal de Primeira

Futsal Mundo: Barcelona vence Osasuna e encontra ElPozo na semifinal

07 de março de 2020 às 10:01:41


O atual campeão da Copa de Espanha estreou-se nesta edição frente ao Osasuna Magna. Os "culé" campeões em título chegam em grande estado de forma e com uma sensação de extrema facilidade para materializar objetivos. Nos últimos três jogos do campeonato, os Azulgranas conseguiram marcar seis golos em cada um e, apesar de os rivais estarem na zona inferior da tabela, a eficácia na área é um aspeto que os pupilos do Andreu Plaza têm polido de forma franca.

Por seu lado, o Osasuna Magna de Imanol Arregui, apesar da dificuldade do adversário, venceu a série negativa de resultados na Liga e recuperou as sensações nos dois últimos jogos do campeonato, em que jogou contra Viña Albali Valdepeñas (3-3) e ElPozo Murcia (4-3) conquistando quatro de seis pontos possíveis.

 

No que ao jogo propriamente diz respeito, a partida começou praticamente com uma gola no ferro da baliza de Juanjo, após cobrança de um canto, estavam jogados 30 segundos do encontro. Até aos cinco minutos o Barcelona ainda não tinha rematado à baliza de Asier enquanto o Osasuna tinha acumulado 3 oportunidades para chegar à frente no marcador.
Foi aos 5 minutos, no primeiro remate à baliza adversária e com uma combinação de pivô que o Barcelona chegou à vantagem com Marcênio assistido por Ximbinha a inaugurar o marcador.
O Barcelona com o golo cresceu e chegou ao 2-0 pelo capitão Lozano, numa transição bem conduzida por Marcênio. O Osasuna respondia, sempre que possível, nas bolas de estratégia, sendo dessa forma que ia colocando à prova Juanjo. 

A equipa de Arregui ia empurrando o Barcelona na sua zona defensiva e com isso chegava mais perto da baliza do Barcelona mas foi Dyego a colocar a sua equipa mais perto do golo com uma bola ao ferro da baliza de Asier a 3 minutos do término da 1ª parte. Resposta pronta de Bynho com Juanjo a responder com uma defesa de enorme qualidade. O guarda-redes internacional espanhol que com um punhado de grandes intervenções , matinha a sua baliza em branco.  

 

A primeira jogada da segunda parte foi papel químico da primeira, mas desta vez foi Lozano a enviar a bola ao ferro da baliza de Asier.
Depois de um remate à baliza adversária Lozano sentiu uma "picada" e saiu lesionado e como a sorte estava madrasta para o Barcelona, numa reposição lateral, Araça reduziu a diferença no marcador.
Estava frenético este reinicio de partida e a resposta do Barcelona foi pronta com Adolfo a aumentar de novo a vantagem da equipa "culé". 
O Osasuna chegou cedo à 5ª falta, sendo que ao minuto 28 já a equipa estava tapada e qualquer infracção iria levar o adversário para a marca dos 10 metros. a equipa verde a perder por dois golos estava mais acutilante mas Juanjo era uma parede na equipa Azulgrana.
Asier respondia a Juanjo e nesta fase eram os guarda-redes que brilhavam. Ximbinha tentou de bicicleta o golo que levantaria um pavilhão quase repleto. Foi a 9 minutos do final do encontro que o Barcelona foi para a marca de 10 metros com Dyego a atirar ao poste da baliza de Asier. 
A 8 minutos do fim do encontro o Osasuna apostou no 5x4 e Juanjo continuava a defender a sua baliza de forma estrondosa. O Encontro chegava ao fim sem que existisse mais alterações no marcador.

O Barcelona joga a meia final com o ElPozo, reeditando a final da Copa de 2019.

Fonte: Zona Técnica Futsal

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: .