Futsal de Primeira

Futsal Mundo: Conflito no futsal espanhol termina confrontando a LNFS e a RFEF em processos criminais

18 de junho de 2020 às 11:17:55


O assunto tem origem no registo de um clube, ato em que houve discrepâncias entre as duas entidades e que levou a um processo ao presidente da associação de futsal e, posteriormente, às acusações que atingiram o direito penal.
O Tribunal de Primeira Instância e a Instrução nº 8 de Majadahonda processam um caso que confronta o presidente da LNFS, Javier Lozano, e o presidente da RFEF, Luis Rubiales, além de outros executivos..
 
De acordo com as informações divulgadas pelo El Mundo e pelo jornal AS, da RFEF eles consideram a recente convocação do tribunal declarada em setembro como um procedimento e defendem que o arquivo aberto a Javier Lozano tinha um motivo claro: permitir que um clube se registasse (Segovia) na competição sem atender aos requisitos, fato que foi investigado após a reclamação de outro clube e que levou à abertura de uma investigação e posterior arquivo.
 
No entanto, do ponto de vista de Lozano, é uma perseguição e refere a ações alegadas pela RFEF numa "estratégia de linchamento e descrédito permanente" em relação a ele.
 
No caso, a Associação de Transparência e Democracia no Desporto, presidida por Miguel Galán, indica que é pessoalmente uma acusação popular.
 
Revogação de competências
 
Deve lembrar-se que em outubro de 2019, a Federação Espanhola de Futebol (RFEF) concordou em assumir plena jurisdição sobre a organização das competições oficiais da Primeira e da Segunda Divisão de Futsal, alegando que não havia um mandato de gestão atual a favor da LNFS.
De acordo com a declaração da RFEF, este último adotou essa decisão depois que a Liga Nacional de Futsal (LNFS) reconheceu em tribunal que não havia acordo ou convénio.
Em outras palavras, o contrato que existia entre as duas entidades expirou e não foi renovado, o que permitiu à RFEF retomar as competições que os empregadores dos clubes dessa modalidade vinham exercendo no futsal há muitos anos.
 
Fonte: Zona Técnica Futsal
Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: .