Futsal de Primeira

Futsal SC: Paixão pela profissão

08 de agosto de 2019 às 11:39:52


Identificado com o torcedor tubaronense, o pivô Pakito, que já foi campeão da Taça Brasil com o Jaraguá em 2005, viveu um drama nos últimos dias. Mesmo com a filha Valentina fortemente gripada, e com idas e vindas ao hospital - e o papai no compromisso de viajar com o clube e disputar a Taça Brasil aqui em Erechim -, não tirou o foco do trabalho, mesmo sabendo que a filha tinha voltado ao hospital horas antes da segunda partida na competição, contra o Tamandaré de Pernambuco. “Mesmo sabendo da situação em casa (Tubarão), a gente tem que saber que aqui é o nosso ganha-pão. Preciso estar 100% focado. No momento em que estiver em quadra, minha esposa e a família estão dando o suporte. É difícil, mas é um momento único para o clube, para a cidade e para mim, por isso todo o esforço em quadra é valido. É por eles, para a cidade e o clube que me abraçou há três anos”, comentou Pakito, ontem, após o café da manhã. Ainda brinquei com ele sobre a foto que rolou o mundo e estampou a nossa coluna e a capa do DS e, para soltar a tensão do jogo, sorriu o pivô do Tubarão.

A FORÇA DA BASE
Oportunidade de ouro, e para buscar experiência numa competição nacional, serve para os jovens do elenco do Tubarão: Nicolas, Henrique e João Vitor Rigotti. Este último foi relacionado para os três jogos do Tubarão na competição. Um feito inédito para o clube, que mantém o atleta desde os oito anos. João Vitor Rigotti tem ainda o seu irmão, Eduardo Rigotti Jr, no clube. Ambos são filhos do presidente Eduardo Rigotti, mas quando iniciaram nem eles, e muito menos o pai, pensaram no que poderia acontecer no futuro como atletas. E Rigotti (pai) muito menos de ser presidente da entidade. Outro que foi para a lista de jogo foi o goleiro Nicolas, o terceiro goleiro. Eles estão aptos a defender as cores do Tubarão em qualquer competição adulta.

DENTRO DO MUNDIAL 
Magnus e Corinthians serão os representantes brasileiros na Copa Intercontinental de Futsal, o Mundial Interclubes da modalidade. O torneio acontece entre os dias 26 deste mês e 1º de setembro em Bangcoc, na Tailândia. O Magnus disputa o torneio por ser o atual campeão do mundo. Já o Corinthians foi convidado pela organização da competição. O motivo do convite ao Corinthians foi o adiamento da Taça Libertadores da América. Prevista para acontecer em abril, a competição foi realizada em julho, o que, na visão da organização, complicaria a questão de logística.

FORA DO MUNDIAL 
O fato de o Mundial Interclubes de 2019 não contemplar o campeão da Libertadores deste ano gerou revolta no meio do futsal. Técnico do Carlos Barbosa e da Seleção Brasileira, Marquinhos Xavier questionou a escolha dos clubes em uma rede social. “Não me diz que isso é verdade? Vou ter que antecipar minha despedida desse esporte. Se for verdade, vou descer no próximo ponto. Como é que vou disputar uma competição, como a Libertadores, que não me levará a lugar algum? A que lugar levam as competições regidas pelos membros Fifa (Conmebol e Uefa)?”, escreveu e questionou o treinador.

TAÇA BRASIL NO EP & RáDIO SC
E você poderá acompanhar Tubarão x Atlântico (RS), a partir das 20h, pelo Esporte de Primeira. Baixe o aplicativo disponível apenas para Android ou, se preferir, ouça pelo site www.esportedeprimeira.net.br. Acompanhe as informações nas redes sociais: no Facebook do Esporte de Primeira, acessando @primeiraoficial; no Twitter, siga @eduliraventura; e também estamos no Instagram, @primeiraoficial. O sinal também será transmitido pela Rádio Santa Catarina, na dobradinha com o Esporte de Primeira.

Fonte: Coluna de Eduardo Ventura – Jornal Diário do Sul

 

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: .