Futsal de Primeira

Liga Futsal: Do Inter de Manoel Tobias ao Pato de Di Maria: relembre a história da LNF

04 de abril de 2019 às 17:09:03


Criada em 1996, competição já teve 12 campeões com o Carlos Barbosa liderando a corrida por títulos, com cinco conquistas. Cinco clubes de camisa do futebol já venceram a Liga Nacional

Competição mais importante do futsal brasileiro, a Liga Nacional de Futsal (LNF) chega à sua 24ª edição com 19 clubes lutando pelo título. Ao longo dos mais de 20 anos de evento, 12 clubes já levantaram a taça mais cobiçada do país. Com cinco conquistas, o Carlos Barbosa lidera a corrida dos campeões, seguido pelo Jaraguá com quatro. Dentre os chamados "clubes de camisa", Internacional, Atlético-MG, Vasco, Santos e Corinthians já faturaram a LNF. Confira um breve histórico da Liga Nacional:

Inter de Manoel Tobias fatura a 1ª LNF

O primeiro campeão da LNF foi o Internacional. Comandado pelo craque Manoel Tobias, o Colorado teve uma campanha irrepreensível, terminando a Liga com o melhor ataque e a melhor defesa. Na final, um incontestável triunfo por 6 a 1 sobre o Vasco de Caxias do Sul-RS. O técnico da conquista do Internacional foi o renomado PC Oliveira, campeão do mundo com a seleção brasileira em 2008.

- A torcida abraçou o time. Estava todo mundo muito tenso por ser a primeira Liga e com a final em nosso ginásio. O grande trunfo do Inter era o seu time com o Manoel Tobias vivendo grande fase - comentou PC ao site da LNF em 2015.

Atlético-MG e Vasco também fazem história

Atlético-MG e Vasco foram outros clubes de camisa a conquistarem a Liga na primeira década de existência do torneio. O Galo, aliás, levantou o caneco duas vezes - 1997 e 1999. O bicampeonato atleticano, inclusive, marcou a primeira das noves conquistas de LNF do craque Falcão. Na final, ele marcou três gols na vitória por 5 a 4 sobre o Rio Miécimo, no Mineirinho.

Um ano depois foi a vez de o Vasco fazer história. Com um elenco recheado de craques como Manoel Tobias, Schumacher, Euller, Marquinhos e Indião, o Cruz-Maltino sacramentou o título com duas vitórias sobre o mesmo Atlético-MG (3 a 1 e 4 a 2). Após a conquista vascaína, a LNF só voltaria a ter um campeão "de camisa" mais de uma década depois, com o Santos em 2011.

Surgem os gigantes Carlos Barbosa e Jaraguá

A virada do milênio marcou a ascensão de duas grandes equipes: Carlos Barbosa e Jaraguá, além da Ulbra, campeã em 2002 e 2003. O primeiro título da ACBF foi em 2001. Depois, o time da Serra Gaúcha faturou o troféu nos anos de 2004, 2006 e 2009. Contando com Falcão em seu elenco, o Jaraguá foi campeão em 2005, 2007, 2008 e 2010.

A polarização entre as duas equipes só foi acabar em 2011, quando o Santos, contando também com Falcão, bateu o Carlos Barbosa na final, conquistando o seu único título da LNF. O Peixe, que desfez a sua equipe ao final daquela temporada, foi o quarto "clube de camisa" a ser campeão da Liga Nacional.

Falcão amplia a dinastia

O período entre 2011 e 2014 marcou a ampliação da "Dinastia Falcão". Após ser campeão pelo Santos, o camisa 12 foi para o Orlândia, onde sagrou-se vencedor da LNF nos anos de 2012 e 2013. Em 2014, Falcão fundou a sua própria equipe, o Sorocaba, que foi campeã logo na temporada da estreia. Na final, uma emocionante vitória de virada sobre o mesmo Orlândia na prorrogação.

A sequência de cinco títulos do camisa 12 só foi interrompida em 2015, quando o Carlos Barbosa voltou a faturar o troféu, tornando-se o único pentacampeão da LNF. A vítima na decisão mais uma vez foi o Orlândia, que amargou o seu segundo vice-campeonato consecutivo.

Corinthians solta o grito, e Pato surge no cenário

O ano de 2016 foi marcante para a Liga Nacional de Futsal. Após seis eliminações seguidas na fase semifinal, o Timão, enfim, chegou à decisão e ainda pôde soltar o grito de campeão que estava preso na garganta há vários anos. O adversário na final foi o Sorocaba. Mesmo com Falcão, a equipe do interior paulista foi derrotada duas vezes (3 a 2 e 5 a 2) e ficou longe do bi.

Após o título corintiano, outros dois clubes entraram para o hall de campeões da LNF nos anos seguintes. Foram eles Joinville e Pato. O Tricolor Catarinense faturou o troféu em 2017, batendo a Assoeva na final. Já a equipe de Pato Branco-PR levou o título no ano passado com uma vitória na prorrogação sobre o Atlântico Erechim. O ala Di María foi o autor do gol da glória dos paranaenses.

Fonte: Flávio Dilascio — globoesporte.com

 

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: . . . . .FUTSAL NA TV . . . LIGA FUTSAL . . . sexta-feira (19) . . . 19h15 . . . Cascavel x Pato [SporTV] . . . . . . sábado (20) . . . 13h00 . . . Jaraguá x Marreco [SporTV] . . . .