Futsal de Primeira

Liga Futsal: Especial SporTV: em 2010, Jaraguá coroou sua era com o tetra da LNF

19 de junho de 2020 às 17:27:56


Vitória por 2 a 0 sobre a sensação Marechal Rondon deu ao time catarinense o seu quarto título de Liga em seis anos. Final será reprisada neste sábado, às 11h, no SporTV

No dia 23 de novembro de 2010, o Jaraguá coroou a sua era mais vitoriosa ao conquistar o tetracampeonato da Liga Nacional de Futsal (LNF). Foi neste dia, numa terça-feira à noite, que a equipe de Tiago, Leco, Neto, Falcão, Valdin e Lenísio bateu o surpreendente Marechal Rondon por 2 a 0, faturando o seu quarto título de Liga em seis anos. A partida disputada há 10 anos na Arena Jaraguá será o tema do 12° episódio do Especial SporTV Futsal. O duelo será reprisado neste sábado às 11h no SporTV.

- A gente já sabia que o time de Jaraguá seria extinto, então a gente queria deixar a melhor impressão possível. Foi um time que fez história e, pelo custo-benefício, foi o maior time da história do futsal brasileiro. A gente sabia que ia enfrentar um adversário muito difícil, num jogo truncado, mas o emocional contou muito porque a gente sabia que o projeto teria uma pausa - comentou Falcão.

Vice-campeão em 2009, o Jaraguá iniciou a LNF 2010 disposto a subir no lugar mais alto do pódio. Na primeira fase, a equipe comandada por Fernando Ferretti fez 20 jogos, venceu 13, empatou dois e perdeu cinco, classificando-se na terceira colocação, atrás apenas de Joinville e Corinthians.

Na segunda fase, com os times divididos em duas chaves de seis, o Jaraguá avançou na vice-liderança (sete vitórias, nenhum empate e três derrotas), encarando o Joinville nas quartas de final. Contra o seu grande rival estadual, a equipe de Jaraguá do Sul tratou de passar de fase com um 4 a 1 no jogo de volta - a partida de ida ficou empatada em 2 a 2.

Na semifinal, vitórias com sabor de vingança (2 a 1 no primeiro jogo e 3 a 1 no segundo) diante do Carlos Barbosa, seu algoz na decisão de 2009.

Restava a final contra o Marechal Rondon. Comandado pelo ascendente Marquinhos Xavier - hoje técnico da seleção brasileira -, os paranaenses despacharam o Corinthians na semi com uma vitória por 2 a 0 no Paraná e um dramático empate em 1 a 1 no Parque São Jorge, com o gol da classificação saindo nos segundos finais.

Marechal Rondon assusta

No primeiro jogo da decisão, disputado em 16 de novembro de 2010, o Marechal Rondon aproveitou o fator casa para pressionar o Jaraguá. De tanto insistir, o time da casa abriu 2 a 0, gols da revelação Gadeia e do fixo Renan. Só que o time catarinense não se entregou e foi buscar o empate. Com gols de Lenísio e Chico, a partida terminou na igualdade em 2 a 2, deixando o título em aberto.

No segundo jogo, porém, o Jaraguá tratou de ser cirúrgico para conseguir a vitória que garantiu-lhe a taça. Numa partida truncada e de muita marcação, Valdin e Leco fizeram explodir de alegria uma Arena Jaraguá lotada: 2 a 0, placar final.

Era o fim de uma era vitoriosa, já que o principal patrocinador do Jaraguá já havia acenado com a sua saída antes mesmo do término da temporada. A equipe catarinense só voltaria à LNF em 2012, mas com um investimento menor.

Fonte: Flávio Dilascio, Renan Wance e Sabrina da Conceição — Rio de Janeiro - globoesporte.com

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: .