Futsal de Primeira

Liga Futsal: Pato Futsal encara o Atlântico por título inédito da Liga Nacional

01 de dezembro de 2018 às 16:28:50


Pela primeira vez na final da competição, time paranaense quer coroar temporada praticamente perfeita com o título da Liga Nacional. Primeiro jogo será no domingo, em Pato Branco

Pela primeira vez na final da Liga Nacional de Futsal, o Pato encara a decisão contra o Atlântico Erechim como “o maior jogo da história” do clube.

Vivendo uma temporada praticamente perfeita, o time paranaense inicia a briga pelo título inédito no domingo, quando faz o jogo de ida da final, às 11h (de Brasília), no ginásio Dolivar Lavarda, em Pato Branco. A maioria dos ingressos já foi vendida O restante será colocado à venda pouco antes da partida.

- É o maior jogo da história do Pato, até por ser uma competição de um grau de dificuldade muito grande. Eu classifico como a liga mais difícil do mundo, pelo nível técnico das equipes. Pela dimensão dessa conquista, de chegar à final, para Pato Branco é o jogo mais importante da história – disse o técnico Sergio Lacerda ao GloboEsporte.com.

A arrancada vitoriosa do Pato começou com a conquista do Campeonato Paranaense em 2017. Neste ano, o time foi campeão da Taça Brasil de Clubes e da Liga Sul. Além disso, está na semifinal do Paranaense – no jogo de ida, empate por 1 a 1 com o Marreco, fora de casa.

Após estrear na Liga Nacional em 2017 e parar nas oitavas, o Pato ficou na 4ª posição na fase classificatória deste ano. O time chegou à decisão após passar nas fases mata-mata pelo arquirrival Marreco, pelo Corinthians e, por último, o Sorocaba, do craque Falcão, na semifinal.

– Não podemos esquecer como chegamos aqui. A característica do nosso time não vai mudar. O Atlântico tem muitas virtudes, mas não podemos esquecer a nossa característica. Vamos procurar manter isso para fazer um bom primeiro jogo – destacou Lacerda.

O duelo marca também o reencontro entre os dois times em uma decisão nacional neste ano. Na Taça Brasil de clubes, o Pato levou a melhor sobre o Atlântico, em Erechim, em uma final emocionante, com 1 a 1 no tempo normal e 4 a 2, de virada, na prorrogação. Agora, as equipes buscam um inédito título da Liga Nacional.

– São duas equipes que buscam o gol, que têm velocidade no jogo ofensivo e defensivo. São equipes com uma boa performance nas competições que disputaram, estão chegando nas finais. Espero que a gente tenha um grande jogo, que seja uma festa com a grandeza do campeonato, das duas cidades e dos dois clubes – avaliou o treinador do Pato.

Sem o artilheiro

O Pato vai para a final sem poder contar com o seu artilheiro e principal jogador. O ala Danilo Baron sofreu uma fratura na fíbula durante a semifinal do Campeonato Paranaense, contra o Marreco. Ele vai ficar fora entre quatro e seis semanas. Autor de 17 gols na Liga Nacional, Danilo é forte candidato ao prêmio de melhor jogador da temporada.

- É um desfalque sentido por nós. Um atleta que vem com uma performance acima da sua própria média. Vem desempenhando uma regularidade muito boa de jogos, não só na Liga Nacional. É um jogador técnico, de armação, que organiza a equipe. O tempo e a partida vão dizer o peso desse desfalque. Cada jogador tem que dar algo mais para diminuir esse peso da ausência do Baron – comentou o treinador.

Além de Danilo Baron, o Pato não vai contar também Neguinho, que cumpre suspensão automática após ser expulso contra o Sorocaba, na semifinal. Ele volta ao time no segundo jogo da final.

Pato e Atlântico Erechim se enfrentam no próximo domingo, às 11h, no ginásio Municipal Dolivar Lavarda. O jogo de volta será no dia 9, também às 11h, no Caldeirão do Galo, em Erechim, no Rio Grande do Sul.

Fonte: Rodrigo Saviani — Londrina / globoesporte.com

 

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: .