Futsal de Primeira

LNF: Cascavel Futsal enfrenta o Joinville pela LNF

05 de junho de 2024 às 09:09:40


Duelo marca a volta de Cassiano Klein ao Ginásio da Neva

Campeão da LNF em 2021 e bicampeão paranaense em 2020 e 2021, recepção ao técnico do JEC é uma incógnita

Impossível não tentar imaginar como será a recepção ao técnico Cassiano Klein, eleito o melhor técnico do mundo em 2022, ainda quando dirigia o Cascavel Futsal (o resultado só foi anunciado agora em 2024), na noite desta quarta-feira (5) às 19h30. Agora no comando do Joinville, desde a temporada 2023, o técnico foi campeão da Liga Nacional em 2021, bicampeão da Série Ouro do Paranaense (2020 e 2021) e campeão da Libertadores da América em 2022 comandando o time cascavelense.

Cassiano Klein foi anunciado técnico do Cascavel Futsal em 2018, para assumir a equipe à partir de 2019, depois de passar seis temporadas no comando do Joaçaba. Ele fez parte de um processo de reformulação dentro e fora das quadras e foi uma aposta que deu certo. Quando aceitou o convite da diretoria do clube, que tinha no cargo de Presidente o empresário Jefferson Zini, Cassiano tinha apenas 36 anos de idade e foi desafiado a desenvolver um projeto de longo prazo para o Cascavel Futsal. Gigante no Paraná, faltava um título de expressão nacional para o Tricolor, o que aconteceu com a conquista da LNF em 2021. Depois ainda conseguiu o primeiro título do continente em 2022.

Depois de anunciar sua transferência para o Joinville, ainda no final da temporada 2022, Cassiano foi reencontrar seu ex-time pela primeira vez justamente na Libertadores da América do ano seguinte. O encontro não foi como ele esperava, mas para o Cascavel sim, vitória por 3 a 1 na final e troféu de campeão para a Cobra.

Assim que decidiu se mudar para Joinville, Cassiano Klein, que no Cascavel recebeu da torcida carinhosamente o apelido de "Guardiola do Futsal", o treinador sofreu algumas críticas. Primeiro porque havia anunciado que ficaria no clube até o fim de 2023 e segundo porque "desmanchou" o time cascavelense levando consigo seis jogadores para vestir a camisa do JEC.

Ano passado Cascavel e Joinville se enfrentaram apenas duas vezes. O Tricolor venceu a final da Libertadores e na Liga Nacional vitória dos catarinenses por 3 a 2 em Santa Catarina. Assim, Cassiano Klein vai pisar pela primeira vez no Ginásio da Neva, palco em que viveu fortes emoções durante quatro temporadas da carreira. Klein sabe que a presença do torcedor no Caldeirão é sempre marcante e que faz a diferença.

Por tudo que viveu no Cascavel Futsal, Cassiano também conhece o torcedor da Cobra e que a pressão no Ginásio da Neva é terrível para os adversários. Como visitante pela primeira vez, o treinador deve encontrar um roteiro bem diferente das últimas vezes que dirigiu uma equipe no Odilon Renhardt. Até hoje a torcida reconhece e valoriza o trabalho do profissional em Cascavel, mas como a saída não foi totalmente aceita pelos torcedores, talvez o comandante do JEC será lembrado em vários momentos da partida pelas arquibancadas que estarão lotadas.

Fonte: Redação Catve.com

 

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: .