Futsal de Primeira

LNF: Cascavel visita o Praia Clube pela LNF 2024

01 de junho de 2024 às 14:32:29


O trabalho do técnico Deividy Hadson no comando do Cascavel ainda é bem recente. Neste sábado (1º), ele completa exatamente um mês como treinador da equipe. O cearense, torcedor do Fortaleza, foi anunciado de maneira oficial no dia 1º de maio. Como é de praxe em trocas de comando técnico, Deividy Hadson chegou num momento de turbulência. E chegou às vésperas de mais uma Libertadores da América.

O Cascavel havia conquistado dois títulos da competição continental nos anos anteriores. E foi para a Argentina na busca do tricampeonato. Mas justamente pela sequência ruim que ocasionou a mudança no comando técnico, o Cascavel Futsal não era apontado como favorito na Libertadores. O time de Deividy Hadson terminou a competição no quinto lugar e o favoritismo se consumou para o Magnus Sorocaba, campeão da Libertadores.

Mas para Deividy Hadson, o saldo da participação na Libertadores para o Cascavel foi positivo. Até porque, ele havia no currículo apenas quatro jogos como comandante da Serpente Tricolor antes da Liberta. E na Argentina foram mais seis jogos. Ou seja, em dez partidas no comando do Cascavel , Hadson fez dez jogos com sete vitórias, um empate e apenas duas derrotas. “O balanço foi muito positivo.

O quinto lugar, pela campanha que a gente fez, talvez não fosse a posição que a gente merecesse. Empatamos com o campeão argentino no primeiro jogo, que estava em casa. Depois tivemos quatro vitórias e só tivemos a derrota para Magnus nas quartas de final. Ali foi uma final antecipada da Libertadores. Claro que era apenas o primeiro jogo de mata-mata e restariam dois jogos. Mas foi a final antecipada porque se confirmou com o título do Magnus. Se tivéssemos passado creio que teríamos muitas chances de conquistar o título. Eu sempre falo que quando não se ganha se fortalece. E a equipe vem fortalecida para a sequência da temporada mesmo não conseguindo o título”, disse ele

Depois da Libertadores, o Cascavel volta as atenções para a Liga Nacional e Campeonato Paranaense da Série Ouro. Pela Liga, o time faz o primeiro jogo depois da participação na competição continental e encara o Praia Clube neste sábado (1º), às 18 horas, em Uberlândia. Aliás, a Serpente Tricolor fará dois jogos seguidos pela Liga. Depois de encarar o time mineiro, o Cascavel Futsal joga na próxima quarta-feira (05) contra o Joinville, no ginásio da Neva. Ou seja, será o reencontro com a torcida depois da ‘Liberta’.

O jogo contra o Praia é um confronto diretíssimo na tabela de classificação, já que ambos somam 15 pontos. O Cascavel começou a rodada na sétima posição e o time mineiro aparecia no sexto lugar. Quem vencer pode se aproximar ainda mais dos líderes e terminar a rodada entre os quatro primeiros colocados. “São dois jogos e nós temos uma meta de somar pontos. São dois jogos difíceis, o Praia joga em casa, mas tem o mesmo número de pontos que a gente, é uma equipe que se reforçou bastante para esse ano. E depois nós temos o Joinville, em casa”, disse.

O Cascavel vem de três vitórias seguidas na Liga Nacional e todas ocorreram sob a tuleta de Deividy Hadson. Ele comandou o time antes da Libertadores nos resultados positivos diante de Taubaté e Jaraguá. E acompanhou a vitória sobre o Corinthians do lado de fora da quadra.

Fonte: Assessoria LNF / Foto: Luan Schmainski

 

 

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: .