Futsal de Primeira

MUNDO: Barcelona conquista a UEFA Champions League

01 de maio de 2022 às 17:14:13


O Barça comemora sua quarta Liga dos Campeões da UEFA. Foto: LNFS

A equipe azulgrana venceu o Sporting CP e sagrou-se campeã da UEFA Champions League, conseguindo assim erguer a quarta medalha de ouro europeia da sua história. Os catalães mostraram seu grande potencial ofensivo e uma brilhante organização defensiva ao longo da partida. Sergio Lozano abriu o placar com um golaço e Pito ampliou a vantagem antes do intervalo. Trinta segundos após o reinício, Ferrão marcou um voleio espetacular e Dídac certificou a vitória na reta final.

O Sporting CP começou a final da UEFA Champions League gerando perigo constante na área do Barça. Aos 2 minutos, Merlim tentou com uma direita de longa distância que roçou a trave de Dídac. Um minuto depois veio a primeira chance para os catalães com uma boa saída de pressão em que Ferrão, de calcanhar, ajudou Adolfo e o do Santa Coloma chutou para o gol e Guitta desviou o escanteio. Os portugueses foram muito incisivos no ataque durante as primeiras etapas da partida e Merlim lançou o segundo aviso com um chute que Dídac repeliu. Em uma rápida transição ofensiva do Barça, Matheus conseguiu abrir o placar lascando a bola, mas o goleiro rival impediu com uma grande intervenção.

À medida que a partida avançava, o Barça começou a se sentir mais confortável taticamente em quadra, o que reduziu o perigo do Sporting CP. Aos 9 minutos, o português construiu uma grande ação no ataque em que Merlim finalizou e Dídac lhe negou o gol com uma boa intervenção. Os culés responderam com um grande contra-ataque em que Marcenio não derrotou Guitta no um a um. Aos 13 minutos, a seleção portuguesa fez uma rápida transição em que Zicky Té teve um remate livre a baliza e Dídac, bem colocado, desviou para um pontapé de canto. Dois minutos depois, Matheus preparou uma poderosa chicotada de fora em que a trave impediu o primeiro gol da final.

Aos 17 minutos, Dídac recuperou a bola para os azulgranas e passou primeiro para Sergio Lozano que, em uma ação individual, ficou na entrada da área e com o pé esquerdo bateu Guitta alto para marcar o 1-0 em Riga Arena. A um minuto do intervalo, o português cometeu dois erros na saída de bola. Na primeira oportunidade, Dyego desafiou o goleiro rival no mano a mano, mas não obteve sucesso na definição. Na segunda virada, Ferrão deu uma assistência para Pito e o brasileiro finalizou com perfeição e fez 2 a 0 antes do intervalo.

Trinta segundos após o reinício, Ortiz fez um passe longo milimétrico para Ferrão e o ‘Pantera de Chapecó’, controlado com o pé esquerdo e com o pé direito colocou o couro no canto superior para assinar um golaço e ampliar a vantagem sobre o placar. Merlim tentou diminuir a desvantagem com um chute a gol em que Dídac emergiu como protagonista e atirou no gol do culé. A equipa de Jesús Velasco esteve perto de marcar o quarto golo com uma acção ofensiva de Povill, que tentou o remate de longa distância e Guitta teve de se esforçar para evitar o gol.

O time português tentou ganhar a posse de bola para ir em busca de um gol que os colocasse na partida e o Barça esperou atrás para montar um rápido contra-ataque para sentenciar a final. Faltando 7:23, o treinador da seleção portuguesa introduziu o jogo de cinco e teve algumas chances de gol, mas não encontrou a fórmula para converter. Numa recuperação dos azulgranas, Dídac acomodou o corpo e da sua área converteu o gol de 4-0 em golo vazio.

Fonte: Assessoria LNFS

 

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: . . . . FUTSAL NA TV . . . LIGA FUTSAL . . . SEGUNDA-FEIRA (23) . . . 18h00 . . . CORINTHIANS x CASCAVEL . . . [SPORTV] . . . .