Futsal de Primeira

PR: Com força máxima e sem torcida, Ampere enfrenta o Campo Mourão

10 de setembro de 2021 às 16:37:31


Jogo começa às 20h15, desta sexta, no Rondinha. Volta será no dia 18 de setembro, um sábado, em Campo Mourão.

Com portões fechados, o Ginásio Rondinha recebe Ampere e Campo Mourão, hoje, às 20h15. O confronto é válido pela segunda fase da Série Ouro do Campeonato Paranaense de Futsal. Na primeira fase, os clubes se encontraram justamente no Sudoeste. Em 30 de junho, a Raposa perdeu para o Carneiro por 5x4. Hoje, reencontra o adversário, mas em uma situação em que a vitória é ainda mais necessária. Se ela não vier hoje, o time de Dalton Bacana terá que buscar a classificação no Belin Carolo, no dia 18 de setembro, um sábado. “Agora é diferente. É um mata-mata e sei da importância do jogo em casa.

Se ganharmos, asseguramos, no mínimo, a prorrogação na volta. Mata-mata é terra de ninguém”, disse o goleiro Roni. Técnico do Campo Mourão, Sérgio Lacerda, reconhece a dificuldade de enfrentar e duelar no Rondinha. “Sempre foi difícil jogar lá. São organizados, bem treinados. Eles possuem um piso em que o jogo corre rápido. Tanto que acredito que a dimensão nem é tão relevante.” Lacerda acredita que o nervosismo será um fator presente no duelo. “Se trata de uma eliminatória”, justifica. Ele e Dalton Bacana não têm desfalques.

Torcida nos ginásios
A diretoria do Ampere, após conversar com a Prefeitura, anunciou na quarta que seguiria mandando jogos sem torcida. De acordo com o presidente Rodrigo Machado, como boa parte dos segmentos do município não conseguiram retomar plenamente suas atividades, permitir a volta de público nas partidas poderia causar um desgaste na imagem da Raposa perante à população. Do outro lado, o adversário não sabe se contará com seus adeptos no duelo de volta. O presidente do Campo Mourão, Anderson Hertz, afirmou ao Jornal de Beltrão que ainda negocia com as autoridades sanitárias mourãoenses.

Fazer história
Na quinta participação na elite estadual, o Ampere pode repetir ou até superar o melhor desempenho se eliminar o Carneiro. Em 2014, a Raposa parou nas quartas de final, quando perdeu para o Guarapuava, e encerrou o certame em 8º.

Fonte: Jornal de Beltrão

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: . . . . . FUTSAL NA TV . . . QUINTA-FEIRA (23) . . . 14h00 . . . MUNDIAL FUTSAL . . . BRASIL x JAPÃO . . . [GLOBO E SPORTV] . . . . .