Futsal de Primeira

PR: Fabinho Gomes: objetivo do Marreco ainda é acabar com o risco de rebaixamento

10 de setembro de 2021 às 16:36:04


Sabedor do regulamento da Série Ouro, treinador mira classificação para, enfim, sonhar mais alto com o clube.

Nove dias depois do duelo em Francisco Beltrão, Marreco e Umuarama voltam a se enfrentar. Será a primeira partida da segunda fase da Série Ouro do Paranaense. Os integrantes (e eliminados) da Liga Nacional de Futsal (LNF) medirão forças, hoje, às 20h, no Ginásio Amário Vieira da Costa, no Noroeste do Estado.

No penúltimo compromisso da primeira fase, o time comandado por Fabinho Gomes venceu por 4x1 e encaminhou a classificação. Por outro lado, os comandados de Nei Victor viram ruir as chances de terminar no G4. Quis o destino que os clubes voltassem a se encontrar na competição, num duelo em que o classificado avança para a terceira fase e o eliminado vai para o playoff do rebaixamento.

Portanto, ao menos um time da LNF lutará para não cair.

Prioridade é a permanência
O regulamento desta edição do campeonato estadual faz com que, mesmo os classificados à seguda fase, corram risco de jogar a Série Prata de 2022. Para espantar de vez esse fantasma, que tanto incomodou os beltronenses nesta temporada, mas que agora parece distante, é necessário avançar às quartas.

Para o técnico do Marreco, segue sendo este o principal objetivo. “A prioridade é escapar do descenso. Precisamos ter consciência do risco que ainda corremos. Estamos desde o começo do ano nessa situação, mas também sabemos que, se vencermos, poderemos enfim sonhar com voos mais altos”, disse Fabinho.

O ala/pivô Rodrigo Pereira estreou pelo Marreco diante do adversário desta noite. Naquela ocasião, mandou uma bola no travessão, não marcou gols, mas causou boa impressão no torcedor. “Foi um bom jogo para mim e para os meus companheiros, mas agora é uma nova competição. Da mesma forma que nós conhecemos o time deles, eles viram a forma que jogamos.”

Fabinho Gomes não esperava pelo confronto logo nessa altura do certame. Ele não faz segredos e afirma que não mudará a estratégia que deu certo na semana passada. “Não há o que mudar. O time deles joga sem pivô de referência. Anda muito e tem alas habilidosos. É muito difícil jogar lá e nós queremos, no mínimo, o empate para trazer a decisão para a nossa casa.”

Fonte: Redação Jornal de Beltrão

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: . . . . . FUTSAL NA TV . . . QUINTA-FEIRA (23) . . . 14h00 . . . MUNDIAL FUTSAL . . . BRASIL x JAPÃO . . . [GLOBO E SPORTV] . . . . .