Futsal de Primeira

PR: Jogadores do Marreco passam por bateria de exames e avaliações clínicas

03 de fevereiro de 2021 às 11:13:26


Com parceria de empresas de Francisco Beltrão, o clube oferece uma grande estrutura e condição de trabalho aos atletas.

Desde que chegaram em Francisco Beltrão, dia 28 de janeiro, os jogadores do Marreco Futsal estão passando por uma bateria de exames e avaliações. Com a parceria de empresas do município, o clube demonstra que oferece uma grande estrutura e condição de trabalho aos atletas, que iniciaram ontem os treinos com bola no Ginásio Arrudão.

“Nessas primeiras quatro semanas, não vamos ter nenhum amistoso. A tendência é que aconteça algum jogo treino no fim de fevereiro ou começo de março. A Série Ouro do Paranaense começa no dia 13 de março e estamos correndo contra o tempo”, comenta Serginho Schiochet, técnico do Marreco Futsal.


Clínica de Fisioterapia ZanattaSexta-feira, 29, os jogadores do Marreco passaram por exames como termografia, baropodometria, estabilometria, teste da pisada dinâmica, teste de força (isométrico) e testes funcionais na Clínica de Fisioterapia Zanatta, que é parceira do clube desde o primeiro ano, na Série Prata do Paranaense, em 2008.

“De maneira geral, os jogadores vieram bem preparados, se cuidaram nas férias e até fizeram atividades. Mas essa avaliação é muito mais pensando em equilibrar todos os grupos musculares para evitar lesões mais pra frente”, comenta o fisioterapeuta Rafael Zapelini, da Clínica Zanatta, que avaliou os jogadores junto com Marlon Meurer, fisioterapeuta do clube.

Dalla Valle Sports
Sábado, 30, foi dia dos jogadores passarem por avaliações físicas no Dalla Valle Sports, com o preparador físico e fisicultor Ronaldo Germano. “A gente fez a avaliação de antropometria, peso, estatura, medidas corporais (braços, pernas...), também fizemos uma avaliação funcional de movimento, cujo objetivo é diagnosticar disfunções nos padrões básicos de movimento. Através dessas avaliações, a gente consegue corrigir pontos falhos para que os atletas tenham risco menor de se lesionar durante o período de preparação e, mais tarde, nos jogos”, comenta o profissional, que tem experiência na modalidade desde 2002. 

“É um grupo relativamente jovem, que se apresentou em boas condições, na média, dentro de um peso aceitável, com medidas padrão para um atleta de alto nível, então a gente espera que isso favoreça o nosso trabalho durante a pré-temporada, adiantar algumas questões relacionadas à preparação física, racionalizando o nosso tempo neste período”, complementa Ronaldo.

Clínica do Coração e Clair Azzolini Filho
Na segunda, dia 1º, de manhã, os exames foram realizados na Clínica do Coração, do cardiologista Clair Azzolini, e na Clínica de Medicina Esportiva do dr. Clair Azzolini Filho, que também é médico do Marreco Futsal.

“Nós fizemos o exame de bioimpedância, que é a avaliação da composição corporal, massa magra, massa gorda, como estão os atletas, durante a pré-temporada. Será repetido esse exame e será feito durante a temporada também. E também avaliação cardiológica pra dar início aos treinamentos”, comenta Clair Azzolini Filho, que também é médico do esporte em dois clubes de futebol, o Clube Esportivo União, de Francisco Beltrão, e o Azuriz, de Pato Branco.

UniparOs jogadores ainda não foram à Unipar, mas toda a estrutura da universidade está à disposição do Marreco Futsal para os trabalhos da temporada 2021, como a piscina, a academia, duas quadras de futsal e os laboratórios dos cursos de graduação. “Temos uma grande parceria com a Unipar e isso nos fortalece bastante para conseguir bons resultados dentro de quadra”, comenta Mauro Córdova, supervisor do Marreco Futsal .

Fonte: Adolfo Pegoraro – Jornal de Beltrão

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: .