Futsal de Primeira

PR: Marreco vai com força máxima contra o Operário, e Fabinho pede marcação firme

06 de novembro de 2021 às 12:13:25


Fabinho Gomes diz que a atuação deverá ser diferente daquela do último encontro, quando o time perdeu de 3 a 0.

Duelo entre vices-líderes de grupos será o primeiro da sequência de três encontros entre os clubes

Se o fim do ano se aproxima, a temporada do futsal paranaense ainda tem muita coisa para ser definida. Embora eliminado da Série Ouro e da Liga Nacional de Futsal (LNF), o Marreco ainda corre por duas competições: a Taça FPFS e a Liga Futsal Paraná (LFP). Com pouco tempo e muitos jogos, o calendário fica apertado. Prova disso é a maratona que o clube beltronense fará de hoje, 6, até quinta-feira, 11. Serão três duelos contra o Operário Laranjeiras.

Às 20h15 deste sábado, o confronto será disputado em Laranjeiras do Sul e é válido pela LFP. Os seguintes valem pela 3ª fase da Taça FPFS: terça, 9, no Arrudão, e quinta de novo no Centro-Sul do estado.

Marreco busca classificação
Enquanto o Rubrão é o vice-líder do Grupo A, com três vitórias em três jogos, e está classificado, o Marreco ocupa a mesma posição no Grupo B.

Entretanto, a equipe de Fabinho Gomes já entrou em quadra por quatro vezes: empatou e venceu por duas ocasiões cada. Assim como o adversário, não perdeu. Só ainda não garantiu, matematicamente, a vaga na próxima fase.

Para o treinador marrequino, será necessária uma marcação firme para pontuar. “Vamos buscar ao menos um empate, mas o Operário fez um ano regular, tem uma defesa sólida e um bom ataque. Dentro da casa deles, são perigosos.”

Ele afirmou que a atuação precisa ser diferente daquela de 27 de maio, quando o Marreco foi ao Ginásio Laranjão e perdeu por 3x0, pela Série Ouro.

“Estamos num bom momento, com jogos bons e espero manter esse retrospecto. São equipes que já se conhecem e se conhecerão ainda mais nesses próximos dias. É ruim, pois se cria uma rivalidade desnecessária. As situações vão se complicando entre os atletas, mas espero que não ocorra nada demais.”

Operário desfalcado
Enquanto o Marreco viaja com elenco completo — inclusive com o fixo Jorginho, que não pode atuar na Taça FPFS. Do outro lado, o treinador Luciano Bonfim tem quatro desfalques por lesão: os alas Daniel Feitosa, Marcelo Bigode e Pierre, além do fixo Ricardinho.

Liga Futsal Paraná - Classificação

Grupo A
1º Cascavel - 10 pontos - 4 jogos
2º Operário Laranjeiras - 9 pontos - 3 jogos
3º Marechal - 7 pontos - 4 jogos
4º Toledo - 6 pontos - 5 jogos
5º Palmas - 3 pontos - 3 jogos
6º CAD - 1 ponto - 5 jogos

Grupo B
1º Dois Vizinhos - 9 pontos - 5 jogos
2º Marreco - 8 pontos - 4 jogos
3º Acel - 8 pontos - 5 jogos
4º Coronel - 6 pontos - 5 jogos
5º Foz Cataratas - 4 pontos - 3 jogos
6º Pato - 1 ponto - 4 jogos

Regulamento
Na 1ª fase, as equipes enfrentam os ingegrantes do outro grupo em turno único. Após seis rodadas, classificam-se para as quartas de final os quatro melhores de chave. No mata-mata, os confrontos seguirão a seguinte ordem: 1ºA x 4ºA; 2ºA x 3ºA; 1ºB x 4ºB; 2ºB x 3ºB.

Fonte: Jornal de Beltrão / Assessoria

 

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: .