Futsal de Primeira

PR: Serginho atribui não classificação à falta de experiência do grupo do Marreco

05 de novembro de 2020 às 08:43:49


Pela primeira vez desde sua primeira participação na Liga Nacional, em 2016, o Marreco não consegue avançar para as oitavas de final da competição. Mesmo vencendo o Atlântico por 5 a 3, no último sábado, no Arrudão, a equipe beltronense ficou de fora do mata-mata. Com a vitória do Foz, o Marreco perdeu a quinta vaga no grupo B.

Com a vitória do Joaçaba e do Campo Mourão, a equipe beltronense não conseguiu nem classificar como melhor sexto colocado. No total, 16 equipes avançam para as oitavas, e o Marreco ficou em 17º, com 12 pontos.

Proposta diferente
“Faltou experiência ao grupo. Um ponto a mais e teríamos classificado. Mas a gente já sabia que isso poderia acontecer quando começou a competição. O Marreco está com uma proposta diferente, com um projeto de longo prazo, com jovens jogadores. Não faltou garra e determinação para buscar a classificação. Infelizmente, o grupo era muito difícil e ficamos de fora”, disse Serginho Schiochet, técnico do Marreco Futsal.

“Esse é um preço que o clube está disposto a pagar, pensando nas próximas temporadas. Montamos um time pensando nos próximos três anos, é uma base jovem, mas muito dedicada e profissional. Segurando uma base e trazendo algumas contratações pontuais, já teremos um grupo muito mais forte nos próximos anos”, avaliou Mauro Córdova, supervisor.

Marreco 5x3 Atlântico
O Marreco venceu o Atlântico por 5 a 3, com gols de Douglas (2), Canhoto, Ceará e Linhares. Os visitantes descontaram com Vini, Silva e Barbosinha.

Fonte: Adolfo Pegoraro – Jornal de Beltrão

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: . . . . . FUTSAL NA TV . . . DOMINGO (29) . . . 13h15 . . . FINAL DA SUPERCOPA DE FUTSAL . . . PATO FUTSAL x CORINTHIANS [SPORTV] . . . . .