Futsal de Primeira

Mundo: Brasileiro Waltinho confirmado como reforço dos Leões

16 de julho de 2021 às 09:04:45


Pivô brasileiro de 29 anos, Waltinho é a mais recente contratação para a equipa de futsal do Sporting Clube de Portugal. Aos 29 anos, o pivô brasileiro chega entusiasmado aos Leões e com os objectivos bem definidos.

"Estou muito feliz por estar aqui, num Clube com muita História e muitos títulos, e estou super animado para começar rapidamente", começou por dizer aos meios de comunicação do Clube, continuando. "[2020/2021] Foi uma época de sonho para todos, obviamente que na próxima temporada queremos ganhar tudo também. A equipa é basicamente a mesma, apenas com algumas alterações, e mantém os mesmos jovens que estão em crescimento. Estou aqui para ajudar a ganhar tudo", atirou o reforço verde e branco, que já se sagrou campeão em Itália (2013/2014) e no Japão (2018/2019 e 2019/2020).

Proveniente dos espanhóis do Jimbee Cartagena FS, onde marcou 17 golos em 28 jogos num campeonato "incrível" e "com muita qualidade", Waltinho mostrou-se muito satisfeito pela mudança para o Sporting CP, o qual considera o "maior clube da Europa, quiçá do Mundo".

"Espanha tem um campeonato incrível, com muita qualidade, tanto em termos de jogadores como de equipas. O que me motivou foi chegar ao maior clube da Europa, quiçá do Mundo, um clube gigante que na temporada passada mostrou isso mesmo. Venho para ganhar títulos, é isso que me move e motiva", apontou o futsalista brasileiro, antes de se dar a conhecer enquanto jogador: "Sou um pivot mais baixo, mas ágil e rápido. Prefiro jogar de costas para a baliza e costumo defender muito bem na primeira linha. Sou muito agressivo na marcação e sempre tive golos, uma média muito boa".

Mais experiente e com "outra maturidade física, psicológica e táctica", Waltinho regressa a Portugal, onde representou a AD Fundão em 2016/2017 (13 golos em 17 jogos), e vai reencontrar alguns anteriores colegas de equipa. Por isso, reconhece que "a adaptação não custará tanto".

"Joguei com alguns dos meus novos companheiros e contra outros. Com o Erick joguei na AD Fundão e com o Merlim em Itália. Fui campeão com ele em Itália, é meu amigo. Com o Erick só foram seis meses, mas conseguimos levar a AD Fundão à final. É um companheiro, um amigo", recordou.

Por fim, o pivô brasileiro mostrou-se desejoso também de trabalhar às ordens Nuno Dias e de jogar no Pavilhão João Rocha .

"Há anos que falo com o Nuno Dias, desde 2014. Estou muito feliz e ansioso por trabalhar com ele. Todos falam muito bem dele é um treinador vencedor e espero ajudá-lo muito", referiu, concluindo: "O Pavilhão João Rocha tem uma atmosfera de arrepiar, imagino-o com os nossos adeptos".

Fonte: Zona Técnica Futsal

Compartilhar notícia
Futsal de Primeira informa: .